Blog

5 razões para você NÃO usar um relé como bloqueador na sua frota

Muito utilizado para prevenir roubo de veículos e cargas, o bloqueador pode ser um aliado dos gestores de frotas. Contudo, se não for usado da forma correta pode se tornar um grande vilão, trazendo sérios riscos ao motorista e ao trânsito.

O que acontece muitas vezes é que empresas de rastreamento e telemetria buscam aumentar sua margem de lucro e oferecer produtos a preços competitivos. Com isso, optam frequentemente por usar a dupla rastreador + relé ao invés de um bloqueador de fato. Esta solução é simples, barata e funciona em muitas aplicações. Mas por que então não usar um relé como bloqueador? Para responder essa dúvida frequente, separamos 5 razões para você trocar seu relé por um bloqueador confiável agora mesmo!

1.    Relés podem causar graves acidentes

O primeiro e mais importante motivo é que relés podem ser muito perigosos. Quando ativado, o relé desliga a corrente elétrica do veículo imediatamente, dificultando o controle do veículo e aumentando o risco de acidentes, principalmente em descidas ou curvas, por exemplo. Isso não acontece com bloqueadores que, entre outras vantagens, possuem inteligência embarcada e podem ser programados para que o corte seja progressivo. Um exemplo é o Prog Block, da Effortech, que faz o bloqueio de forma suave e gradativa, com ciclo completo em quatro minutos.      

2.    Relés não possuem proteção contra intempéries

Quando instalados em automóveis, os equipamentos estão submissos a condições como água, poeira, calor, trepidações, insetos, entre outros, que são prejudiciais à vida útil e ao bom funcionamento de equipamentos elétricos e eletrônicos. Ao contrário dos relés que não tem proteção, os bloqueadores contam com encapsulamento com proteção IP67, o que garante proteção contra esses fatores.

3.    Relés são facilmente violados

Os relés têm um formato padrão já conhecido que deixa explícito, por exemplo, quais são os fios a serem cortados ou emendados, no caso de uma violação. Já o bloqueador consiste em uma “caixa preta” de onde saem 5 ou mais fios semelhantes (de mesma cor), dificultando a identificação dos circuitos no caso de uma violação. Além disso, é possível instalar bloqueadores codificados, como é o caso do Encoded Block da Effortech.

4.    Relés não são bivolts

Empresas que fazem gestão de frotas de diversos automóveis (motos, carros, caminhões, ônibus, ambulâncias, etc.) lidam com uma diferença na tensão de alimentação de cada veículo. Por exemplo, carros e motos utilizam baterias 12V enquanto veículos maiores podem utilizar baterias de até 24V. No mercado existem modelos de relé 12V e 24V e é preciso saber qual utilizar.

Já os bloqueadores têm a vantagem de ser “bivolt”, ou seja, funcionam tanto em 12V quanto em 24V, portanto o gestor de frotas não precisa se preocupar com que tipo de veículos vai realizar a instalação do bloqueador no momento de enviar o instalador.

5.    Relés estão desprotegidos contra efeito Load Dump

O efeito Load Dump é um problema que ocorre em aplicações automotivas quando uma carga carregada é desconectada do circuito ligado a um alternador. Esse efeito pode causar, entre outras coisas, elevados picos de tensão do gerador (no caso, o alternador do veículo) ao restante do circuito conectado a ele. Traduzindo o papo técnico: se não for considerado, esse efeito pode queimar equipamentos instalados no circuito do carro como por exemplo relés e pinos de saída dos rastreadores, onde são conectados os relés e bloqueadores. 

Os bloqueadores contam com um circuito de proteção contra o efeito Load Dump, que protege tanto o circuito do bloqueador quanto o rastreador, garantindo assim uma melhor operação com menos chamados e manutenções.

Como vimos, o bloqueador possui várias vantagens sobre um simples relé, principalmente segurança, praticidade, vida útil e atuação inteligente.

Agora que você já sabe por que não usar um relé como bloqueador, conheça os tipos de bloqueadores desenvolvidos pela Effortech e qual deles tem a melhor solução para seu negócio. Fale com nosso consultor!